sexta-feira, 17 de abril de 2015

[Resenha]: A Vida do Livreiro A. J. Fikry - Gabrielle Kevin.

Olá leitores, hoje o livro resenhado é A Vida do Livreiro A. J. Fikry da autora Gabrielle Kevin.

Confira:

Editora: Paralela.
Ano de lançamento2014
Numero de páginas: 192
Minha Avaliação: ♥ ♥ ♥  

Sinopse:

“Livrarias atraem o tipo certo de gente”. É o que descobre A. J. Fikry, dono de uma pequena livraria em Alice Island. O slogan da sua loja é “Nenhum homem é uma ilha; Cada livro é
um mundo”. Apesar disso, A. J. se sente sozinho, tudo em sua vida parece ter dado errado. Até que um pacote misterioso aparece na livraria. A entrega inesperada faz A. J. Fikry rever seus objetivos e se perguntar se é possível começar de novo. Aos poucos, A. J. reencontra a felicidade e sua livraria volta a alegrar a pequena Alice Island. Um romance engraçado, delicado e comovente, que lembra a todos por que adoramos ler e por que nos apaixonamos.




A. J. Fikry,  como o título já diz, é dono de uma livraria na cidadezinha de Alice, chamada "Island Books". Dois anos atrás, A.J. perdeu a mulher em um acidente de carro e após esse fato ele se tornou um homem amargo, com vícios, sarcástico e irônico; se isolando do resto do mundo.


Um belo dia Amelia, uma jovem muito bonita e com um jeito diferente de se vestir, vai até a Island para vender livros, pois ela trabalha em uma editora; Porém A. J. trata Amelia muito mal, mas depois que ela vai embora ele acaba se arrependendo de ter sido tão grosseiro com uma moça tão linda e educada.


Ele sabe que não é um homem rico, e não possui nada de valor na sua casa; apenas um livro raro de E. A. Poe, certa noite este livro é roubado deixando A. J. muito bravo e mais ainda desgostoso da vida.



Na noite seguinte, após ele deixar a porta de sua casa aberta, pois ele sabia que nada mais de valor poderia ser roubado, ele leva um susto ao ver, no chão de sua casa, um "pacotinho" que irá mudar a sua vida.


Confesso que eu esperava mais desse livro, achei ele muito simples. A historia é linda, mostra a superação de alguém que perdeu o amor de sua vida em um acidente, e consegue amar novamente. 

Quando eu vi o título, logo me chamou atenção, pois quem ama ler, adora livros que falam sobre livro. Imaginei de cara ao muito fofo e com cara de livraria de interior, porém o livro é muito real e com os pés no chão.

"Não somos as coisas que colecionamos, adquirimos, lemos. Somos, enquanto estamos aqui, apenas amor. As coisas que amamos. As pessoas que amamos."
                                                                                                                         ( A. J. Fikry )


A narrativa é super leve e envolvente, o ambiente é o melhor possível uma livraria. Os personagens possuem sentimentos que são bem aprofundados e aproveitados ao longo do romance.


"Livrarias atraem o tipo certo de gente. Gente boa."
                                                                                         ( A. J. Fikry )

O final me deixou muito revoltada, não vou contar claro, mas leiam e me contem o que vocês acharam. sim é um fim poético mas triste.