quarta-feira, 18 de março de 2015

[Resenha] A mais pura verdade – Dan Gemeinhart

Olá leitores, hoje o livro resenhado é A mais pura verdade do autor Dan Gemeinhart, esse livro é o lançamento do mês de março da Novo Conceito e já esta a venda.

Confira:





Editora: Novo Conceito
Ano de lançamento: 2015
Numero de páginas: 224
Minha Avaliação: ♥ ♥ ♥ ♥ 

Sinopse:


Em todos os sentidos que interessam, Mark é uma criança normal. Ele tem um cachorro chamado Beau e uma grande amiga, Jessie. Ele gosta de fotografar e de escrever haicais em seu caderno. Seu sonho é um dia escalar uma montanha.
Mas, em certo sentido um sentido muito importante , Mark não tem nada a ver com as outras crianças.
Mark está doente. O tipo de doença que tem a ver com hospital. Tratamento. O tipo de doença da qual algumas pessoas nunca melhoram.
Então, Mark foge. Ele sai de casa com sua máquina fotográfica, seu caderno, seu cachorro e um plano. Um plano para alcançar o topo do Monte Rainier.Nem que seja a última coisa que ele faça. 
A Mais Pura Verdade é uma história preciosa e surpreendente sobre grandes questões, pequenos momentos e uma jornada inacreditável.

Mark é uma criança doente, ele tem câncer e não teve uma infância normal. Por isso ele larga tudo e vai se aventurar com se fiel amigo; o cachorro Beau. Juntos eles rumam em direção ao topo da montanha Rainier, porém essa jornada não será nada fácil para eles, mas eles não estão dispostos a desistir.  Em sua cidade ele deixou sua melhor amiga Jess e seus pais muitos preocupados, assim sua foto e seu desaparecimento foi parar até na televisão.


" Mesmo a muitos quilômetros de distancia,
um amigo pode segurar sua mão
e estar ao seu lado"
                                                                             (Mark, pág 27)

Quando eu li a sinopse confesso que fiquei com um pé atrás por ser mais um livro com o personagem principal com câncer; eu não gosto nada dessa temática.
Mas eu amei esse livro, principalmente por que o autor não usou como tema principal a doença de Mark, que é pouco presente e no fim não sabemos qual tipo e onde ele tem o câncer. Assim não ficamos com dó do Mark e sim com muita admiração, pois ele foi super corajoso em embarcar nessa aventura praticamente sozinho.

Outro ponto que me agradou muito foi a amizade linda entre Mark e seu cachorro, o fofo do Beau; ele ajudou Mark em vários pontos de sua aventura rumo a montanha. A determinação de Mark é muito forte e quase inabalável. 

A leitura fluiu muito bem, li o livro em apenas dois dias. Você a todo momento se sente dentro dessa aventura junto com Mark e Beau, assim não quer lagar o livro de forma alguma. A capa é muito linda e combina muito com a trama, e o que falar da diagramação? Linda, a cada capitulo temos uma imagem quase igual da capa.Eu indico o livro para quem ama aventura e cachorros.



"Eles chorariam quando eu partisse, mas era eu quem partiria.
Eles teriam todas as manhãs do mundo para se sentirem melhor."
                                                                                                               (Mark. Pág 170)

Esse é o primeiro livro do autor, e eu já vou torcer para ele publicar mais. Amei a narrativa e a trama em si, ele tem futuro com escritor.

Vou agradecer a Editora Novo Conceito que me mandou o exemplar e a degustação do livro. Muito obrigada, eu amei embarcar nessa aventura com o Mark.