sexta-feira, 5 de junho de 2015

[Resenha]: Perdido em Marte - Andy Weir

Olá leitores, a resenha de hoje é de um livro de ficção científica Perdido em Marte, de Andy Weir

Confira:



Editora: Arqueiro.
Ano de lançamento2014
Numero de páginas: 336
Minha Avaliação: ♥ ♥ ♥  

Sinopse:

Há seis dias, o astronauta Mark Watney se tornou a décima sétima pessoa a pisar em Marte. E, provavelmente, será a primeira a morrer no planeta vermelho.
Depois de uma forte tempestade de areia, a missão Ares 3 é abortada e a tripulação vai embora, certa de que Mark morreu em um terrível acidente.
Ao despertar, ele se vê completamente sozinho, ferido e sem ter como avisar às pessoas na Terra que está vivo. E, mesmo que conseguisse se comunicar, seus mantimentos terminariam anos antes da chegada de um possível resgate.
Ainda assim, Mark não está disposto a desistir. Munido de nada além de curiosidade e de suas habilidades de engenheiro e botânico – e um senso de humor inabalável –, ele embarca numa luta obstinada pela sobrevivência.
Para isso, será o primeiro homem a plantar batatas em Marte e, usando uma genial mistura de cálculos e fita adesiva, vai elaborar um plano para entrar em contato com a Nasa e, quem sabe, sair vivo de lá.
Com um forte embasamento científico real e moderno, Perdido em Marte é um suspense memorável e divertido, impulsionado por uma trama que não para de surpreender o leitor.

O astronauta Mark Watney, é um botânico e engenheiro, que fica preso totalmente sozinho em Marte logo após um acidente, durante uma forte tempestade de areia. Toda a tripulação de sua missão consegue ir embora do planeta vermelho em segurança, e voltar rumo à Terra. Para o desespero do nosso astronauta todos da terra pensa que ele morreu nesse acidente.

"Foi uma sequência ridícula de acontecimentos que quase me fez morrer, e uma sequência ainda mais ridícula que me fez sobreviver."
                                                                                 Mark, pág 11

A situação de Mark é desoladora, pois a próxima missão tripulada rumo à Marte está prevista para daqui anos,e ele não tem como se comunicar com a Terra e avisar que ainda está vivo. 

 Ele sabe que sua comida não irá durar até a próxima missão chegar! Mark precisa pensar em uma forma de sobreviver anos sozinho, sem comida suficiente e sem uma oficina caso algo de errado, em Marte e avisar a terra que está vivo.

Fique desesperada e com a certeza de que Mark ia morrer varias vezes ao longo do livro, porém ele sempre dava um jeito e saia da situação. Isso me impressionou e me inspirou muito, a garra e a criatividade com que Mark se livrava e saia por cima de situações totalmente adversas. 

O livro por diversas vezes se tornou muito técnico e cansativo, tive a impressão de que depois de ler esse livro eu teria o conhecimento, se um dia eu ficasse perdida em marte, de tão detalhado que era a parte teórica das situações.  Esse ponto fez eu quase desistir de terminar o livro, mas ele se tornou emocionante e a leitura fluiu a partir dai. 

Vale ressaltar o senso de humo ácido do Mark, ri alto com ele. Com sacadas inteligentes e no momento certo o livro se tornou muito mais interessante; e a minha torcida para o Mark ainda maior.

"Sim, é claro que fita adesiva funciona em um ambiente de quase vácuo. Funciona em qualquer lugar. Fita adesiva é algo mágico e deve ser reverenciada."
                                                                                                          Mark, pág 202

Devorei o livro em poucos dias, pois queria saber como ele ia conseguir voltar para terra ou se ele ia morrer tentando. Claro que eu não vou contar o que aconteceu com Mark no final.

A capa é muito linda e simples, tudo a ver a com historia e o ambiente. A versão física do livro tem uma capa com acabamento emborrachado, e a diagramação esta super bem feita, não encontrei nenhum erro ao longo da leitura.

Recomendo o livro para assim como eu amantes de ficção cientifica, o livro tem um pegada super real, uma leitura agradável mas não muito leve no inicio. Cheia de suspense, ação, e bem divertido apesar de tudo.

E olha o que fiquei sabendo Perdido em Marte, teve os direitos adquiridos pela Century Fox ou seja filme baseado no livro a vista. O ator Matt Damon dará vida ao Mark. Também estão sendo consideradas para o elenco as atrizes Jessica Chastain  e Kristen Wiig . O cineasta Ridley Scott foi escolhido para dirigir a adaptação e o roteiro será de responsabilidade  de Drew Goddard de Guerra Mundial Z. Muito bom né? Agora é só aguardar o flme!