sábado, 21 de novembro de 2015

[Resenha]: Firelight - O Inimigo está próximo - Sophie Jordan

Olá leitores, a resenha de hoje é do livro Firelight - O Inimigo está próximo da autora Sophie Jordan, se você gosta de fantasia com um toque de romance, tenho certeza de que vai gostar.

Confira:



Editora: Agir
Ano de lançamento2011
Numero de páginas: 291
Minha Avaliação: ♥ ♥ ♥  


Sinopse:

A jovem Jacinda é especial. Além de pertencer a uma espécie descendente de dragões cuja maior habilidade é poder alternar entre a forma humana e a animal - os draki -, ela é uma das únicas de seu clã que consegue cuspir fogo. Quando uma atitude rebelde ameaça a existência dos outros membros de sua comunidade, ela e sua família têm que fugir e viver disfarçadas entre os humanos. 

Na nova escola, Jacinda precisará esconder seu segredo de todos e aprender a controlar seu espírito draki, que teima em se manifestar logo na presença do belo e charmoso Will, um caçador de dragões. Os dois se apaixonam e irão fazer de tudo para que os muitos segredos e diferenças que os separam não os impeçam de viver esse amor. 

  Jacinda é uma Draki, ou seja, ela faz parte de uma raça que evoluiu dos antigos dragões hoje já extintos, por isso ela e outros de sua raça vivem em clãs escondidos em vales no meio da mata e com pouco acesso. 
  Mesmo ela sendo de uma raça diferente dos humanos ela vive como uma garota normal em seu clã, a única diferença é que ela pode se transformar,voar, coisas de Draki. Ela possui uma habilidade especial: é a primeira cuspidora de fogo de gerações de drakis, por possuir esta habilidade tão rara ela está prometida ao filho do chefe do clã, pois o seu valor para os anciãos da aldeia é gigante. 
  Poucos sabem da existência dos Drakis, e esses poucos são caçadores, em uma dessas caçadas a vida de Jacinda dá uma reviravolta e ela é obrigada a fugir com sua mãe e irmã para a cidade,assim viver com os humanos e não se transformar mais até seu Draki morrer. Mas o que Jacinda não esperava é se apaixonar por um dos caçadores.

Quando eu vi esse livro na Bienal de São Paulo ano passado eu tive que comprar, logo a capa me chamou a atenção e o fato de a protagonista ser um dragão fez com que a minha expectativa se torna-se alta demais, ou seja no fim eu me decepcionei, não por que o livro é ruim, mas porque minhas expectativas eram altas demais.

Os personagens são bem construídos e a raça de dragões também, a autora soube criar uma trama diferente das que estamos acostumados, como vampiros , anjos e afins. Porém em vez da autora aproveitar desse universo que criou ela se prendeu em explorar os sentimentos da personagem da intriga dela com a irmã gêmea. Esse ponto me deixou frustada, o que fez eu demorar muito para terminar a leitura de um livro relativamente fino.

Mas se você não esperar tanto do livro a sua leitura irá fluir, a trama e a aventura envolve o leitor. 

O livro tem tudo para dar certo, boa trama, bons personagens e acima de tudo originalidade, que sinceramente falta nos livros atuais do gênero.

Depois que eu terminei a leitura  fui pesquisar e descobri que ele faz parte de um trilogia, o segundo, Vanish, já foi publicado aqui, mas ele é muito difícil de se encontrar para comprar. Então já estão avisados para não ter a mesma surpresa que eu quando chegar ao final do livro e perceber que não tem fim.

É um livro que vai agradar aos fãs de livros sobrenaturais, eu recomendo mesmo ele não sendo meu favorito é valido pela aventura.